13/07/2017 • 17:08

CPFL já trocou 249 postes em Ibitinga

Até o final deste ano, mais 144 postes de madeira serão substituídos

  Em 2016 foram substituídos um total de 76 postes de madeira em Ibitinga, por postes de concreto. Segundo a CPFL Paulista, este ano, até o momento, foram substituídos mais 173 postes no município, totalizando 249 trocas.

  Ainda em 2017, a companhia espera trocar mais 144 postes que estão programados para serem substituídos. Somente na rua Sete de Setembro, foram substituídos no último dia 27 de junho, 10 postes de madeira, no mesmo local que na sexta-feira (07), na foto, a fiação recebeu mais reparos. 

Troca

 A CPFL Paulista esclareceu, por meio da assessoria de imprensa, que possui um programa estruturado de manutenção que prevê constantes inspeções em postes. Qualquer troca é realizada quando o poste oferece risco à população ou ao sistema elétrico. A empresa ressaltou ainda, que o fato de um poste ser de madeira não apresenta risco maior ou menor em relação ao de concreto. O poste de madeira possui vida útil média semelhante ao poste de concreto e melhor isolação da rede. Porém, em respeito ao meio ambiente, a empresa não utiliza mais postes feitos desse material. As eventuais quedas, de postes, segundo a CPFL, normalmente estão associadas a acidentes como colisão de veículos, vendavais e inundações.

Aproveite e cadastre-se em nosso site caso ainda não tenha seu login e senha

Primeiro acesso? Cadastre-se aqui.

Login

nome
e-mail válido
senha
confirmar senha
e-mail
senha
Esqueceu a senha?
Para lembrar, digite seu e-mail no campo acima e clique aqui.
13/07/2017 • 17:08

CPFL já trocou 249 postes em Ibitinga

Até o final deste ano, mais 144 postes de madeira serão substituídos

  Em 2016 foram substituídos um total de 76 postes de madeira em Ibitinga, por postes de concreto. Segundo a CPFL Paulista, este ano, até o momento, foram substituídos mais 173 postes no município, totalizando 249 trocas.

  Ainda em 2017, a companhia espera trocar mais 144 postes que estão programados para serem substituídos. Somente na rua Sete de Setembro, foram substituídos no último dia 27 de junho, 10 postes de madeira, no mesmo local que na sexta-feira (07), na foto, a fiação recebeu mais reparos. 

Troca

 A CPFL Paulista esclareceu, por meio da assessoria de imprensa, que possui um programa estruturado de manutenção que prevê constantes inspeções em postes. Qualquer troca é realizada quando o poste oferece risco à população ou ao sistema elétrico. A empresa ressaltou ainda, que o fato de um poste ser de madeira não apresenta risco maior ou menor em relação ao de concreto. O poste de madeira possui vida útil média semelhante ao poste de concreto e melhor isolação da rede. Porém, em respeito ao meio ambiente, a empresa não utiliza mais postes feitos desse material. As eventuais quedas, de postes, segundo a CPFL, normalmente estão associadas a acidentes como colisão de veículos, vendavais e inundações.

Link
seu nome
seu e-mail
e-mail destinatário
mensagem
0 comentários

360 caracteres restantes