16/08/2017 • 12:02

Últimos dias para inscrição de projetos sociais para incentivo do Instituto AES

Propostas de entidades de apoio à criança, adolescente e idoso serão avaliadas para receber investimentos

 

    Investir em projetos sociais dos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e Conselhos Municipais do Idoso (CMI) faz parte da atuação social da AES Tietê, apoiada pelo Instituto AES. As entidades sociais, com interesse em receber o incentivo em 2018, devem apresentar suas propostas aos respectivos conselhos. Os presidentes de cada conselho são responsáveis por inscrever os projetos no site da AES (http://www.aesbrasil.com.br/conteudo/patrocinios).  O prazo final para as inscrições é 1º de setembro, portanto é preciso cadastrar os projetos o quanto antes.

 

Serão avaliados pelo Instituto AES e AES Tietê os projetos nos temas de educação, cultura ou esporte com foco na melhoria intelectual, social e na qualidade de vida, além da disseminação e aplicação dos direitos humanos das crianças, adolescentes e idosos, nos locais onde a AES Tietê está presente. Com base nos benefícios às comunidades apresentados nos projetos, entre outros critérios, será selecionado um grupo de projetos para receber os investimentos da geradora no próximo ano.

 

  Somente em 2017 foram viabilizados quase R$ 900 mil para Igaraçu do Tietê, Barra Bonita, Boraceia, Caconde, Mococa, Lins, Buritama e Promissão, entre Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente e Fundos dos Idosos dessas cidades. 

 

Sobre o Instituto AES

  O Instituto AES foi criado em 2016 para impulsionar a inovação social, viabilizando novas soluções de energia e de geração de renda que provoquem transformações positivas na vida das pessoas e das comunidades. Por meio de projetos de formação do cidadão, inovação para o desenvolvimento social, empreendedorismo consciente e voluntariado, promove o protagonismo e autonomia do público beneficiado, em uma rede colaborativa de parcerias. 

 

Sobre a AES Tietê – A AES Tietê oferece soluções em gestão de energia, atuando na geração e comercialização de energia elétrica. Para isso, conta com um parque com capacidade para gerar 2.658 MW a partir de fontes renováveis. A AES Tietê opera nove usinas hidrelétricas e três pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) no Estado de São Paulo. A empresa responde por 12% da capacidade instalada no Estado e 2,3% no Brasil.

Aproveite e cadastre-se em nosso site caso ainda não tenha seu login e senha

Primeiro acesso? Cadastre-se aqui.

Login

nome
e-mail válido
senha
confirmar senha
e-mail
senha
Esqueceu a senha?
Para lembrar, digite seu e-mail no campo acima e clique aqui.
16/08/2017 • 12:02

Últimos dias para inscrição de projetos sociais para incentivo do Instituto AES

Propostas de entidades de apoio à criança, adolescente e idoso serão avaliadas para receber investimentos

 

    Investir em projetos sociais dos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e Conselhos Municipais do Idoso (CMI) faz parte da atuação social da AES Tietê, apoiada pelo Instituto AES. As entidades sociais, com interesse em receber o incentivo em 2018, devem apresentar suas propostas aos respectivos conselhos. Os presidentes de cada conselho são responsáveis por inscrever os projetos no site da AES (http://www.aesbrasil.com.br/conteudo/patrocinios).  O prazo final para as inscrições é 1º de setembro, portanto é preciso cadastrar os projetos o quanto antes.

 

Serão avaliados pelo Instituto AES e AES Tietê os projetos nos temas de educação, cultura ou esporte com foco na melhoria intelectual, social e na qualidade de vida, além da disseminação e aplicação dos direitos humanos das crianças, adolescentes e idosos, nos locais onde a AES Tietê está presente. Com base nos benefícios às comunidades apresentados nos projetos, entre outros critérios, será selecionado um grupo de projetos para receber os investimentos da geradora no próximo ano.

 

  Somente em 2017 foram viabilizados quase R$ 900 mil para Igaraçu do Tietê, Barra Bonita, Boraceia, Caconde, Mococa, Lins, Buritama e Promissão, entre Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente e Fundos dos Idosos dessas cidades. 

 

Sobre o Instituto AES

  O Instituto AES foi criado em 2016 para impulsionar a inovação social, viabilizando novas soluções de energia e de geração de renda que provoquem transformações positivas na vida das pessoas e das comunidades. Por meio de projetos de formação do cidadão, inovação para o desenvolvimento social, empreendedorismo consciente e voluntariado, promove o protagonismo e autonomia do público beneficiado, em uma rede colaborativa de parcerias. 

 

Sobre a AES Tietê – A AES Tietê oferece soluções em gestão de energia, atuando na geração e comercialização de energia elétrica. Para isso, conta com um parque com capacidade para gerar 2.658 MW a partir de fontes renováveis. A AES Tietê opera nove usinas hidrelétricas e três pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) no Estado de São Paulo. A empresa responde por 12% da capacidade instalada no Estado e 2,3% no Brasil.

Link
seu nome
seu e-mail
e-mail destinatário
mensagem
0 comentários

360 caracteres restantes