06/12/2017 • 15:46

Pastor de 43 anos é preso suspeito de estupro

Ele foi flagrado em cima de uma menina de 7 anos

Um pastor de 43 anos foi preso em Matão na madrugada desta quarta-feira (06), suspeito de estupro de vulnerável. Ele estava no quarto de uma menina de 7 anos em cima dela em posições sexuais.

O pastor é de São Paulo e estava em Matão para uma pregação. Ele foi acolhido pela família que frequenta a igreja Assembleia de Deus.

De acordo com a polícia, já era madrugada quando a irmã da criança, uma jovem de 18 anos, surpreendeu o pastor em cima da irmã na cama em posições sexuais. O pai da garota chamou a PM.

O suspeito tentou pular o muro para fugir, mas foi detido. Levado para a delegacia, ele negou as acusações.

A família prestou depoimento contando o ocorrido.

O pastor, que tem passagem pela polícia, foi levado para a cadeia pública de Santa Ernestina.

A menina foi encaminhada ao Instituto Médico Legal de Araraquara para fazer exame de corpo de delito.

Araraquara.On

Aproveite e cadastre-se em nosso site caso ainda não tenha seu login e senha

Primeiro acesso? Cadastre-se aqui.

Login

nome
e-mail válido
senha
confirmar senha
e-mail
senha
Esqueceu a senha?
Para lembrar, digite seu e-mail no campo acima e clique aqui.
06/12/2017 • 15:46

Pastor de 43 anos é preso suspeito de estupro

Ele foi flagrado em cima de uma menina de 7 anos

Um pastor de 43 anos foi preso em Matão na madrugada desta quarta-feira (06), suspeito de estupro de vulnerável. Ele estava no quarto de uma menina de 7 anos em cima dela em posições sexuais.

O pastor é de São Paulo e estava em Matão para uma pregação. Ele foi acolhido pela família que frequenta a igreja Assembleia de Deus.

De acordo com a polícia, já era madrugada quando a irmã da criança, uma jovem de 18 anos, surpreendeu o pastor em cima da irmã na cama em posições sexuais. O pai da garota chamou a PM.

O suspeito tentou pular o muro para fugir, mas foi detido. Levado para a delegacia, ele negou as acusações.

A família prestou depoimento contando o ocorrido.

O pastor, que tem passagem pela polícia, foi levado para a cadeia pública de Santa Ernestina.

A menina foi encaminhada ao Instituto Médico Legal de Araraquara para fazer exame de corpo de delito.

Araraquara.On

Link
seu nome
seu e-mail
e-mail destinatário
mensagem
0 comentários

360 caracteres restantes